Viadagem de macho

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Bonnerclodovil.jpg Este artigo pode te levar para o lado rosa da Força!

Cowboys viados podem ser citados neste artigo.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.

Cquote1.svg Mano, tu é gay? Cquote2.svg
Você sobre amigo "desconfiado"
Cquote1.svg Gay é tu que deixa. Cquote2.svg
Amigo que gosta de brotheragem sobre citação acima
Cquote1.svg Foi só um teste, meu brother... Cquote2.svg
Amigo sobre citação acima

A carta mágica da brotheragem entre duelistas, temida por gays que ainda são enrustidos.

Brotheragem é a relação homoafetiva entre pessoas (hipoteticamente) heterossexuais do sexo masculino. Não aplicável aos seres do sexo feminino, já que isso seria sisteragem, ou como é mais conhecido, sapatanagem. Foi difundida por meio de um meme de um garoto contando suas experiências nas dores e delícias da brotheragem. Desde 2020, é esporte oficial nas Olimpíadas e sua prática vem crescendo no mundo.

Definição[editar]

Baphomet, uma entidade considerada símbolo da brotheragem.

Brotheragem vem das palavras "bode" e "viadagem", só que a palavra "bode" teve que ser gourmetizada e ter um toque gringo e da moda que ninguém entende nada mas é fashion, coisa tradicional na comunidade gay, então virou "brother". Juntando as duas, ficou brotheragem. O bode é um símbolo de quadrilhas de homossexuais e satanistas, criado por Pabllo Vittar, e que foi apelidado carinhosamente de Baphomet, depois que foi adotado pelos adeptos da prática e alimentado com leite paterno. Esse bode criou a maconha, droga satânica que hipnotiza os jovens a darem o cu e convertem-os à brotheragem, e o comunismo, que nem preciso dizer, né? Incentiva a sair matando quem tem no mínimo 10 reais no bolso. O bode foi adotado pelos adeptos e seus ensinamentos são seguidos por eles. No início, o Big Brother tentou de tudo pra não ser vinculado a um movimento desse, mas não por causa da viadagem, mas sim para não descobrirem que a palavra brother vem de bode, e não da palavra da língua inglesa "brother", que não faz sentido nenhum, e ser revelado que eles são Illuminati.

Na brotheragem, são feitas práticas esportivas saudáveis entre companheiros. Pode tudo (menos olhar o amigo no olho). Desde pequenas ações, como dar uma mãozinha para o amigo, até mesmo coisas mais "desagradáveis" e "dolorosas" que não podem ser ditas aqui, pois esta é uma enciclopédia de família (e do pai de família também). Geralmente acontece quando um sujeito quer testar a masculinidade de seu amigo na arte da viadagem. Esse teste já é cultura em algumas tribos da África subsaariana, em alguns iglus da Rússia, em todos os países da Europa, e em Pelotas. É sempre bom testar como seu amigo se porta diante de uma gayzice, para ensiná-lo a ter a mente aberta pra essas coisas, ter resiliência e não ser preconceituoso, ainda mais com uma simples brotheragem.

Também pode ser um fenômeno acidental, dada a quantidade cada vez mais crescente de pessoas se acidentando em cima de seus companheiros amigos. As pessoas são tão desastradas que caem logo nos lugares mais improváveis e polêmicos que tem. Pode ser um fator surpresa para testar os reflexos de seu amigo com relação à sensibilidade dele nos Países Baixos ou em Rolândia.

Casos mais comuns[editar]

Quando seu amigo te cumprimenta pelo membro errado

É muito comum o brother (como se chama o iniciado na arte da brotheragem) escorregar na banana e quicar no membro dos amigos/companheiros sem querer e é um fator gigante para a difusão dessa prática, banana essa que inclusive foi usada para coisas safadas. Qualquer objeto fálico indefeso pode ser manuseado para alguma prática: bananas, ovos, cabo de vassoura, melancia, granadas, a careca do teu pai, etc. Só tome cuidado pra não protagonizar algum vídeo nojento da internet sem querer. Zele pelo seu orifício...

Tem também os atos de altruísmo. A pessoa vai ajudar o companheiro em alguma tarefa e escorrega de boca ou com a mão em lugares remotos do amigo, tanto pra ajudar no trabalho manual ou pra limpar o estrago posterior que foi feito. Quando se está tomando banho com a pessoa, se o amigo derruba o sabonete, é muito provável que o adepto da brotheragem abaixe pra pegar o sabonete para o amigo como um ato de oferecimento e bondade.

Assim como "as pessoas boas devem amar seus inimigos" e "ama o próximo como a ti mesmo", é totalmente aconselhável essas práticas de ajudar o brother para uma amizade duradoura. Ás vezes acontece também da pessoa testar a sensibilidade da fimose do amigo, para ver se ele precisa mesmo operá-la. Alguns brothers até mesmo arrancam a fimose com a boca. Os fatores surpresa podem ser em alguma data especial, como quando é aniversário do bródi e você não comprou nenhum presente pra dar a ele. É válido surpreendê-lo com algo especial.

Vale lembrar que todas essas práticas só fortalecem a amizade. Só não se esqueça do suco de laranja!

Críticas[editar]

Exemplo de brother. Pior que esse aí ainda é feio e pouco macho alfa comparado à maioria.

Essa relação entre irmãos de outra mãe é muito criticada. O preconceito é principalmente de pessoas que obviamente não curtem, mas que tinham algum amigo chegado na brotheragem e esse amigo se "exaltou" demais. Em outros casos, a pessoa é gay mas não gosta dos brothers já que eles não se apaixonam, pois como você está cansado de saber, é tudo na brotheragem!

O Brasil é o país que mais tem preconceito com brothers no mundo. Estatísticas recentes comprovam que entre 100.000 brothers, 30% de 20% de Falhou ao verificar gramática (MathML com retorno SVG ou PNG (recomendado para navegadores modernos e ferramentas de acessibilidade): Resposta inválida ("Math extension cannot connect to Restbase.") do servidor "https://wikimedia.org/api/rest_v1/":): {\displaystyle $$\sum_{k=1}^Nk(N-k+1)$$} deles já receberam uma lâmpada fluorescente na cabeça, o que causa grande revolta na comunidade, pois o certo é enfiar no cu e não na cabeça. Há algumas organizações e movimentos anti-brotheragem que pregam a morte dos adeptos, mas há muitos movimentos para a liberdade da brotheragem. No mais notório, que aconteceu na frente da casa do excelentíssimo Jair Bolsonaro, vários brothers ficaram com a mão no saco do brother ao lado. Bolsonaro disse em entrevista que adorou a homenagem, e que nem vai mandar matá-los, só vai mandar prendê-los.

Consequências históricas[editar]

Zeus, transformado em águia, levando Ganimedes para a brotheragem.

Essa prática causou muitos danos à civilização desde os primórdios. Antigamente, mas muito antigamente, antigamente mesmo, antigamente pra caralho, alguns faraós do Antigo Egito eram enterrados juntinhos com seus parceiros com a mão na rosca queimada deles, por exemplo. Isso fez surgir a maldição dos faraós, pois quando os escavadores abriam a tumba e sentiam o cheiro da rosca queimada, caíam duros ali mesmo. Anos depois, Sócrates, aquele notório mendigo barbudo, foi pioneiro na brotheragem grega e espalhou-a para os cidadãos, propondo que resolvessem as tretas e debates políticos com uma bela de uma surubona, mas só na parceria, obviamente.

Várias doenças se espalharam por causa da brotheragem, inclusive a mais fodida de todas, que é igual caviar, "nunca vi, nunca comi, só ouço falar", a peste negra. Há alguns séculos, os europeus iam fazer turismo de kebab e de burca suada lá na Arábia. O problema é que naquela área estava tendo uma tendência brotherística muito forte. Os árabes pediam a paz oferecendo aquilo que começa com "c" e termina com "cu". O problema é que não tinha saneamento básico decente pra eles fazerem a chuca, então foi assim que a peste negra nasceu. A palavra "negra" da peste negra refere-se à cor do que foi oferecido...

Até o broxa do Napoleão Bonaparte perdeu a guerra pois estava numa brotheragem, mesmo com toda a guerra em volta, ele não podia parar essa delícia de prática. No campo de batalha, ele adorava segurar nas pistolas, mas não nas pistolas certas. Para não assustar as crianças, as escolas disseram que o que ele teve foi hemorroida mesmo.

Séculos depois, foi a vez do coronavírus causar o terror, mas este foi criado por meio de um chinês drogado de miojo que transou com um morcego macho achando que era um Zubat.

No Brasil, houve forte influência por parte de Jailson Mendes, mantendo a mesma base e o mesmo pilar. Essa influência rendeu a Jailson vários ocos, além do título de maior ator do país, e hoje ele é considerado um dos maiores do mundo. Essas histórias de êxito (ou nem tanto...) influenciaram a cultura de vários países.

Praticantes notórios[editar]

Suspeitei desde o princípio...
  • Buzz Lightyear e Woody: Enquanto o Andy está fora, eles dizem "amigo, estou aqui" e vão ao infinito e além na cama.
  • Ganimedes e Zeus: Zeus tava cansado das ninfas e resolveu comer o Ganimedes, que nem era adulto na época então Zeus também é pedófilo.
  • Neymar e Coutinho: Esses dois praticam a brotheragem desde a base da Seleção. Isso explica a fragilidade de nosso craque, até marcaram de fazer em Barcelona mas algo fez Neymar ir pro PSG, deixando seu parça solitário.
  • Goku e Vegeta: Você acha que aquela fusão surgiu de onde? E era para serem chamados de Super-Viadyn, mas por questões de censura, acabou sendo trocado.
  • Jair Bolsonaro e Paulo Guedes: Talvez o segundo caso de brotheragem mas famosa do Brasil. Bolsonaro até tenta disfarçar, mas não consegue esconder o prazer de gritar o nome de seu amigo.
  • Naruto e Sasuke: Aquela cena do episódio 2 deixa claro.
  • Jacinto Pinto e Benjamin Arrola: Brotheragem mas famosa do Brasil, começaram esta prática desde quando Silvio Santos era apenas uma criança. Desde então ficou conhecida em todo o Brasil. Você nunca viu eles, mas eles estão em todo lugar, inclusive você já pode ter sido um deles.
  • Você e aquele seu amigo: Você acha mesmo que nos engana?

Vídeo[editar]

Eis que você é macho e tem um amigo que gosta de brotheragem:

Diamante.gif O Desafio dos Artigos da Desciclopédia Diamante.gif
Edições: 1 - 2 - 3 - 4 - 5