Desnotícias:Grã-Bretanha: Achado não é roubado e quem perdeu foi 'relaxado'

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

????, Islândia?

Alguns produtores da Discovery Channel gravavam um episódio de um daqueles programas bizarros que tem na emissora, quando de repente o câmera da equipe avista uma raridade no fundo d'agua. Era ouro. Como não podiam alcançar o fundo daquele gelado oceano (normalmente, cenas no subaquático são gravados num estúdio alugado da BBC), então correram para avisar a esquadra bretã. Quando a marinha britânica fica sabendo do artefato encontrado, chama uma velha com 125 anos para contar fábulas, histórias de ninar e como tudo aconteceu a bordo de uma veículo subaquático e conta que aquele ouro é Made in Brazil.

O governo federal até recebeu a parte a qual ele tinha direito. O ouro deve estar nesses sacos pretos...

A descoberta veio num período que o ministro da economia brasileira esta tirando dinheiro do cu pra tampar o arrombado dos cofres governamentais, enquanto o presidente abre mais uma sessão de suicídio assistido na história recente brasileira. Apesar de perdido pelo Brasil, o ouro [agora] tem outro dono, os próprios britânicos, afinal: Cquote1.png achado não é roubado, quem perdeu foi relaxado Cquote2.png (e põe relaxado nisso, né G-entulho Vagas).

Segundo a senhorinha que não quis revelar o nome (mas que nossa equipe tem quase certeza que tem o sobrenome iniciado com Mc), o ouro era apenas uma tentativa mal sucedida do presidente brasileiro apostar no governo nazista e ao mesmo tempo, fazer um fundo de investimento para usufruto próprio, caso desse (e deu) merda no futuro. A senhorinha ainda revelou a nossa equipe na Grã-Bretanha que esse foi o principal motivo pelo qual Getulho deixou florescer seu lado ninguém mim quer, afe e cometeu suicídio em 1954. Depois de revelar esta importante descoberta, aquela nobre senhora veio a falecer, fazendo nossa equipe ter que fazer o traslado do corpo.

O governo brasileiro não pretende recorrer, pois sabe que tomará noku de qualquer jeito. Então aquela carga vem sendo disputada a tapas entre os Islâmicos (quem nasce na Islândia é o que!?) e os bretões (neste incluí-se toda a sorte de degenerados daquela ilha inglesa e proximidades).


Fontes[editar]