Desnotícias:Usuário de Uber fica arrasado ao descobrir sua nota no app

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

FACEBOOK, Facepalm

Nelly, uma pessoa claramente madura (ao ponto de acompanhar Black Mirror), que está devastada por ser vítima de avaliação injusta no Uber.

Com a virada do ano chegando, muitos estão preocupados em definir quais serão suas metas para 2018. O usuário de antidepressivos Uber, Nelly, no entanto, não tem esse problema. Ele já decidiu qual será seu maior objetivo no próximo ano: aumentar a nota de sua conta no aplicativo!

Como todos sabem, para garantir um bom relacionamento entre motoristas e passageiros, o Uber permite que cada uma das partes avalie a postura da outra após a corrida ter sido finalizada. Os criadores do aplicativo perceberam que, não é porque as pessoas vivem em uma civilização, que elas são civilizadas ao ponto de não fazer merda enquanto estão dentro de um carro com um desconhecido sem estarem sendo monitoradas. Provavelmente essa descoberta foi feita aqui no Brasil, no instante em que eles entraram num táxi...

Enfim, o sistema de pontuação - que vai de uma a cinco estrelas - no fundo só serve para cortar da plataforma motoristas mal avaliados (passageiros só são desligados em casos extremos). No entanto, ele tem sido o estopim para sanidade de muitos. Como foi no caso do Nelly: ele está desolado e a culpa é das estrelas do Uber.

Ao descobrir que é um passageiro de míseras 4,68 estrelas, naturalmente Nelly ficou bastante melancólico.

O pior é que ele não entende a causa de seu péssimo desempenho: sempre ficou atento aos sinais dos motoristas para se portar de maneira adequada. Não aceitava água quando sentia que o motorista só estava oferecendo por educação, guardava as embalagens das balinhas no próprio bolso e ainda puxava assuntos interessantes quando percebia que o uber estava a fim de papo.

Confira o seu desabafo no vídeo ao final da matéria.

Apoio da DP[editar]

Nem pense em tentar algo assim, Nelly!

Caro Nely, nós da equipe descíclope, ficamos muito tocados com o seu depoimento e gostaríamos de te mandar nossa solidariedade nesse momento difícil. Embora a classe dos motoristas de Uber provavelmente te odeie, queremos te lembrar que:

1) O Uber vem sofrendo a concorrência do Cabify.Talvez você não provoque esse sentimento negativo, mas ele esteja apenas sendo redirecionado para você.

2) O item um é balela pra te animar. Não faz sentido você ser o único passageiro que é vítima desse rancor. Eu por exemplo, pessoalmente, tenho nota 4,96. Beijos.

3) Não leve em conta o item dois. Ele foi escrito por um estagiário iludido. A conta dele só tem umas 20 viagens KKKKKKKKK. Nota 4,96 com 20 viagens: grande bosta! Minha conta tem 4,94 com mais de duzentas. Morram de inveja.

Para tentarmos te ajudar, entramos em contato com representantes da Uber. Eles ficaram inicialmente intrigados com a situação. Afinal, pelo vídeo, a sua personalidade parece ... encantadora. A única explicação que eles conseguiram elaborar, nesse curto período de análise do caso, é que talvez você esteja fazendo corridas curtas e pagando por elas no cartão. Essa é uma atitude que tende a despertar o rancor dos motoristas. Evite-a, a todo custo! Se você estiver num bairro perigoso em uma hora ainda mais perigosa, precisando voltar para sua casa - que de a pé é longe, mas de carro é perto - mas só tiver como pagar com cartão, não chame o Uber. É preferível fingir ser um mendigo e passar a noite dentro de uma lixeira...


Fontes[editar]