Dercyclopédia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar


Bem-vindo(a) à Dercyclopédia

A bosta da enciclopédia de merda livre de qualquer porra de conteúdo de bosta que qualquer filho da puta pode editar.

58 632 merdas escritas · 196 264 fotos da perereca da vizinha

Ajuda

Encoxada

PQP, não pergunta, caralho!

Pau na mesa

Teatro

Contribuir

A bosta do artigo desse mês
"Não contavam com a minha astúcia!"
De origem ignorada, o primeiro registro da aparição do Chapolin Colorado, também conhecido por Polegar Vermelho e Vermelhinho, aponta para o Condado, 13.º Distrito da Terra Média, cujos relatos dos cidadãos de lá apontam para um Hobbit vestido de vermelho que teria elaborado a Ata da Assembléia de Constituição da Sociedade do Anel.

Segundo constam dos vagos registros, os cidadãos presentes conclamaram a chamada “frase que não deve ser dita” de forma involuntária e acabaram por invocar a presença do Polegar Vermelho que, de forma inevitável, obstruiu a lavratura da Ata, adiando a Constituição da Sociedade do Anel que acabou por realizar-se em Valfenda sob a presidência de Elrond o Elfo.

Sem definição de espécie, foi classificado por uma junta médica durante seu coma (ver abaixo) sendo-lhe atribuído o nome científico de Chespyritus chapolinux vermelhadus ser que se aproxima da classe dos Televysum ecsebeteyros.

Ficou amplamente conhecido no México como defensor dos fracos e oprimidos, e no Brasil como o maior torcedor do Internacional. Chapolin Colorado ajudou o time a ser campeão do mundo quando os jogadores invocaram: "Oh, e agora, quem poderá me defender?".


Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter


Putas que foderam as merdas que aconteceram desde a ultima vez que a sua mãe trepou com um gorila viado


A bosta do dia de hoje da merda de todos os cornudos chifrões é...


Falando nisso, seu corno filho da puta cagão que nao sabe porra nenhuma,sabia que a sua mãe tá dando o cu pra todo mundo e que quem escreveu também está


Imagens da porra
 
Que porra é essa?
Dercygonçalves.jpg
Bem vindo porra nenhuma! Vai te foder! Aqui é uma (des)enciclopédia mantida por um bando de corno que fica apagando o que eu escrevo. A Desciclopédia é um site de humor merda e quem leva essa porra a sério merece ir à merda também. Todas as porcarias que tem aqui convergem para uma desgraça: ser engraçado e não só um besta! É uma coisa do caralho, mas que dá numa porra diferente. Quer dizer que, no âmbito da Desciclopédia, só pode valer alguma merda as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, porra de sentido algum tentar defender essas pragas de méritos morais ou artísticos de algo que você adora chupar (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenham sido sacaneados num artigo da Desciclopédia. E antes que me esqueça, vai pra puta que te pariu com essas merdas aí.


Ainda quer participar? Caralho ein...
Filho da puta é quem lê essa porra que nem eu, caralho de bosta voadora. Dentre as porras de diversas páginas de ajuda por aí, estão as que explicam como criar um tolete de artigo, editar uma desgraça de artigo ou meter uma caralha duma imagem. Se tem dúvidas, pergunte de uma vez e mostre a rola da sua apnião.


Comunhão dos cornos
A comunidade é igual um pinto, crescendo dia após dia. Porém, precisamos de mais filhos da puta para podermos ampliar o número de merdas escritas em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar a bosta que já existe.


Projetos irmãos o caralho, porra!
A Desciclopédia existe graças a uma entidade arrombada chamada Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo merda:


Lista completaComeçar uma nova edição


__