João Aranha (Paulínia)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Va-a-merda-porra-(Luiz-Carlos-Alborghetti).gif Este artigo pretende ser ofensivo!
Se não se sentiu ofendido, edite-o até se ofender.
E se você se sentiu ofendido, VÁ A MERDA, PORRA!!!


João Aranha (Paulínia) faliu!
Graficozero.JPG
Cows1.jpg

Nem a Mega-Sena quita suas dívidas!

Outros que ficaram no vermelho.

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: João Aranha.


Cquote1.png Você quis dizer: Terra de viado Cquote2.png
Google sobre João Aranha (Paulínia)
Cquote1.png Ó minha flor!!! Cquote2.png
Qualquer um sobre morador do João Aranha.
Cquote1.png Na URSS, o pessoal do João Aranha come VOCÊ. Cquote2.png
Reversal Russa sobre moradores do João Aranha.
Cquote1.png O que ser João Aranha? Cquote2.png
Borat sobre João Aranha
Cquote1.png Viado! Viado! Cquote2.png
Playboy do Calegaris sobre moradores do João Aranha
Cquote1.png São tudo um bando de viado filhas da puta. Cquote2.png
Sanjoseísta sobre moradores do João Aranha
Cquote1.png Ainda irei para Paris mamãe. Cquote2.png
Típico jovem do João Aranha sobre seu sonho de visitar a capital dos gays francesa.
Cquote1.png Só nóis aparece nas placa do centro. Cquote2.png
Babaca do João Aranha sobre a aparição de "João Aranha →" ou "João Aranha ↑" nas placas do centro
Cquote1.png Já comi Cquote2.png
Chuck Norris sobre morador do João Aranha.

João Aranha é uma zona inóspita no município de Paulínia, capital de São Paulo. O local é formado por pessoas que se acham ricas e possuem uma intimidade especial para com seres do mesmo sexo.

Pessoas[editar]

Típico jovem do João Aranha.

A população do João Aranha é tipicamente adepta dos costumes campineiros: se acham os gostosão da área, apesar de não serem merda nenhuma e geralmente não curtem a fruta certa. Se você é tão burro que não entendeu, eu quis dizer que são metidos e viados. Se gabam de coisas retardadas como aparecerem nas placas do centro e adoram dar o fru-fru pra um negão do São José ou Morro Alto. Muitos se orgulham de possuir casa com TV a cabo ou simplesmente um TV de 29 polegadas.

Geografia e cultura[editar]

Jogadores do Desportivo João Aranha antes de uma partida.

O bairro tem vários locais de interesse. Um bom exemplo é a praça da lagoa, onde as pessoas se encontram para fofocar conversar e praticar suruba esportes. O time do bairro, chamado Desportivo João Aranha, nunca ganhou um título nem um jogo. Aliás, o time quase não joga devido às dificuldades financeiras. Apesar de parecerem ricos, o pessoal do João Aranha não é muito diferente do São José, Pinheiros e Bom Retiro. Uma característica deles e acharem que moram no centro, resultado do fato de que o João Aranha é um bairro tradicional velho, e antigamente era o bairro mais próximo do centro de Paulínia.

O bairro é dividido em duas zonas:

  • Área nortista (São José do Sul): oficialmente chamado Jardim Ibirapuera, é um local onde se reúne os poucos maconheiros e bandidos do bairro. Fica próximo ao São José e ao Marieta Dian, diferenciando, assim, um pouco do restante do bairro.
  • Área sulista (Pinheiro do Norte): oficialmente chamado Chácaras São José (ironia do destino), é um lugar onde mais se destacam as características viadódicas e gabísticas do João Aranha. Geralmente os moradores daí contratam um homem forte para dar-lhes um trato atrás da caixa da água da sabesp.

Sobre[editar]

Multidão do João Aranha se reúne para confraternizar.
  • 98% dos moradores do João Aranha são são-paulinos. Do restante, 59% é pontepretano, 16% é colorado e o resto não tem torce por que prefere ver o campeonato de ballet.
  • No João Aranha há o maior contigente de campineiros fora de Campinas.
  • Morava no João Aranha o eleito miss gay 2007, em Juiz de Fora.
  • No João Aranha há um GA (Gays anônimos), que, infelizmente, não funciona.
  • Você mora no João Aranha, e portanto, fuma cuecas e gosta dum negão.





Galeria de imagens[editar]

Hino dos Bairros de Paulínia[editar]

Fui lá no João Aranha caçar homem, não achei
Só achei vários baitolas que comi e me esbaldei
Fui ali no Morro Alto ver um belga, não encontrei
Só encontrei uma cambada de preto que desprezei
Fui ali no Marieta comprar casa não achei
Só achei muito mato por todo lado, cansei
Fui lá no Bom Retiro ver um gênio, não encontrei
Só achei um monte de burro, loira, feio e português
Fui lá no São José comprar droga, e achei
Fumei e cherei pra caralho, e agora me ferrei


v d e h
PAULÍNIA