Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

54 920 artigos · 190 896 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Figurantes e suas clássicas metralhadoras

Cquote1.png Whata hell... Cquote2.png
Figurante antes de ser atacado por um novo inimigo ou chefão
Figurante de jogos são aqueles personagens com pouca ou nenhuma importância na trama de algum game, e que sua principal função exercida é a morte ou então só para decorar o fundo. Os primeiros figurantes apareceram desde o primeiro game, em que você jogava uma bolinha de um lado para o outro feito um retardado. Mais tarde, os figurantes adquiriram funções mais específicas, enquanto algumas empresas como a konami os usavam para preencher as arquibancadas, outras empresas como a capcom começaram a usar eles de forma cruel e sádica, fazendo assim criar o gênero survival horror aonde o mercado de figurantes é muito movimentado.

O figurante de jogos é (na verdade, deveria ser) o maior e melhor personagem em todos os games, pois eles são os únicos que realmente trabalham lá, que fazem o jogador tremer de um novo inimigo ou simplesmente sentir-se pressionado diante do olhar de milhões de figurantes (no caso dos jogos de esportes). Mais tarde, eles começaram a adquirir gráficos melhores, que eram igualáveis a protagonistas de jogos de playstation 1 e que começaram a ser uma justificativa para o salário baixíssimo que recebem todo o mês (isso se não morrerem antes de recebê-lo).

Leia o artigo inteiro e salve um figurante!



Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: