Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

51 018 artigos · 173 897 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Entrar

Contribuir

Artigo em destaque
Super Saiajeans

Dragon Ball (魔法騎士レイヤース), também conhecido como Bolas do Dragão, é a denominação mais comum para um conjunto de crenças religiosas e filosóficas que têm como base principal a idéia de que a articulação entre grupos de crenças semelhantes deve ser a miníma possível. Foi copiado da obra do mestre Rob Liefeld por Akira Toriyama (小泉純一郎), uma rampeira de cabaré barato que escreve contos sexuais para a revista Sexy e, nas horas vagas, desenha mangás.

A história de Dradon Ball começa com um onanista com nome de palavrão, uma das várias aberrações provenientes do mórbido (ainda que frutífero) útero de Dercy Gonçalves. Ele jura por Jeremias que foi criado por um testículo laranja, o qual chama de "avozinho".

Um dia, nosso onanista descobre que possuía mais seis "avozinhos", graças aos achados de uma riquinha porra louca, de cabelos azuis e fã incondicional de RBD chamada Bulma. Então, ambos partem em uma grande aventura, atrás desses "avozinhos". Dizem as lendas que estes sete testículos laranjas são conhecidos como os Testículos do Dragão. Ao juntar todos eles, é possível gerar uma descarga de testosterona tão forte que é capaz de invocar nada mais nada menos que Chuck Norris, que realizará os desejos de quem trouxe de volta os testículos do seu animal de estimação, Godzilla. Realizados os desejos, Norris dispersa os Testículos do Dragão novamente com um Roundhouse Kick só para deixar Godzilla puto de novo.

Veja aqui o artigo completo!



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: