Revista de videogame

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


A90.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 90's!
Provavelmente ele se refere a coisas daquela época, tais como Mamonas Assassinas, Super Nintendo e Banheira do Gugu.


Credibilidade na análise de um bom jogo.

Cquote1.png O Mega Drive com seus 16 bits terá os gráficos mais radicais da geração Cquote2.png
Revista de videogame

Revista de videogame é (ou era) a fonte de informação para nerds no tempo do ronca (leia-se década de 80 e 90), criada para pais gastarem toneladas de dinheiro para poluirem ainda mais a Terra para dar informação inútil a pirralhos chatos.

Eram sustentadas pelo dinheiro da guerra da publicidade entre Nescau e Toddynho, tentando enganar crianças com reportagens "radicais" sobre a guerra dos bits e como aquilo era importante para os jogos.

Revista Videogame[editar]

Gamers Book, a arte de colocar spoilers na capa.

A primeira revista de videogame tupiniquim, com um nome altamente original, feita para crianças retardadas com nariz escorrendo, não era a toa que ninguém gostava dela.

Super Game Power[editar]

Fusão das revistas Super Game e Gamepower, era uma das mais amadas da molecada porque era a mais barata tinha boas matérias, bons detonados, e claro, a Marjorie Bros, que a galera se matava na punheta por causa dela.

Ação Games[editar]

A revista dos ricos, era cara pra cacete e tinha muita propaganda do Dynavision, da Tectoy e dessas podreiras.

Gamers[editar]

Criada por um dono de loja de games para vender seus produtos, costumava ser amada por ter muitos detonados, tanto que deixou de frescura e lançou logo a Gamers Book, aquela famosa revista que vinha com um spoiler na capa.

Revista de games de PCs[editar]

Revista de videogame prevendo o futuro.

São as revistas que ninguém lê, afinal o pessoal só compra por causa do jogo "completo" que vem na capa, incluindo os clássicos Counter Strike (sem Half Life) e Dota (sem Warcraft 3), ou algum jogo realmente completo que ninguém liga mais como Quake 2, GTA 2, Tomb Raider 2 ou Age of Empires II, e mais trocentos jogos em flash que podem ser jogados de graça na internet.

Ver também[editar]

Ptbosta.gif Este artigo tá uma bostinha.
Ele está pequeno, chato e sem graça. Será que teria alguma alma caridosa capaz de fazer uma boa ação, tipo a de editar e colocar coisas engraçadas, de forma que ele fique mais engraçado e menos idiota? Só tome cuidado porque o Moderador Malvado está de olho em VOCÊ!