Rust in Peace

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Medinho do escuro.jpg Este artigo se trata de um álbum

E com certeza tem uma cópia pirata no camelô da esquina.

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Rust in Peace
Megadeth-rust.jpg
Vic Rattlehead descobre a Kriptonita.
Lançado em 1990
Gênero Thrash metal
Gravadora Capital Inicial

Rust in Peace é o quarto álbum do Megadeth, sendo considerado pelos fãs, pelo próprio Dave Mustaine e qualquer um com o mínimo de bom senso como o melhor trabalho já feito na história do thrash grupo, assim como Pastor of Muppets vale pro Metallica e Rei na Broadway pro Slayer. Graças a repercussão positiva desse álbum, eles vieram ao Brasil para tocar no Rock in Rio.

A banda adotou um estilo diferente de composição dos álbuns anteriores, não tão violento, não tao xarope, infelizmente sem a intro de baixo foda pra caralho da Peace Sells e com letras mais bem elaboradas (principalmente comparadas à Wake Up Dead), mas mesmo assim, as músicas ficaram agressivas. Pareceu que a reabilitação do Dave tinha dado certo, até porque ele não tinha pensado em virar evangélico ainda. O motivo é que ele não gastou o lucro das vendas com drogas e putas, mas com batatas fritas do McDonald's e Guaraná Antártica (quando esteve por terras tupiniquins).

Até os dias de hoje, fãs pedem que a banda toque os clássicos Tornado of Souls, Hangar 18 e Holy Wars... The Punishment Due, como se o resto do álbum fosse completamente esquecível: mesmo sem as 3 favoritas, o álbum ainda é melhor que o The World Needs a Hero. O disco conta com a chamada formação de ouro da banda (por que será, né?): Dave Mustaine e Marty Friedman nas baterias, Nick Menza no baixo e David Ellefson na guitarra. Não, pera...

Faixas[editar]

  1. Star Wars... the Punishment Due - Fala sobre as guerras em Israel e de sua franquia de filmes favorita.
  2. rango 18 - Dave conta a sua batalha para emagrecer após trocar drogas e bebidas por batatas fritas, Big Macs e guaraná.
  3. Take no Prisioners
  4. Five Magics - Conta a história de 5 mágicos
  5. Poison Was the Cure - Dave compartilha seus problemas com heroína com Robert Smith, do The Cure.
  6. Lucretia
  7. Tornado of Souls - Essa música fala sobre quando Dave terminou com sua noiva (ela queria um homem mais maduro).
  8. Madruga Patrol
  9. Rust in Peace... Polaris - É a continuação das guerras israelenses no espaço, rumo à estrela Polar.

Integrantes[editar]