Weavel

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jesuslegal.jpg Weavel morreu...
E VOLTOU!!!

Mas como, se hoje não é 1 de abril?

Clique aqui pra ver quem mais foi despejado do cemitério.

┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Não estranhe se encontrar uma sonda no cu dedão do seu pé ao terminar de ler este artigo. Se vandalizar, o Captain Viridian enfiará uma sonda em você!

Monalien.jpg
Weavel, o cavaleiro espacial.

Cquote1.png Você quis dizer: Fulgore Cquote2.png
Google sobre Weavel
Cquote1.png Voltou para apanhar de novo? Cquote2.png
Samus Aran sobre Weavel


Weavel é um dos 7 Bounty Hunters encontrados no jogo Metroid Prime: Hunters. Trata-se na verdade de um Space Pirate que no passado foi assassinado por uma psicopata espacial conhecida como Ellen Ripley Samus Aran, mas que reviveu através de um ritual vodu e transformou-se num ciborgue. Não se sabe como é sua verdadeira cara, já que está sempre escondido dentro de uma fantasia de Halloween de cavaleiro medieval.

História[editar]

Weavel treinando para ser o futuro escravo servo de Rei Arthur.
Weavel apresentando-se para o combate.

Weavel, filho de um dos Cavaleiros da Távola Redonda com uma alienígena oriunda de um planeta desconhecido do Cosmos, nasceu em uma caverna no meio de uma floresta repleta de criaturas malignas. Desde cedo, foi ingressado no código de honra dos cavaleiros, e seu pai passou a treiná-lo nas mais profundas artes da cavalaria para que quando crescesse e atingisse a idade adulta, dedicasse sua vida a servir ao Rei Arthur.

Weavel então passou pro duras sessões de treinamento. Acompanhava cada uma das missões de todos os cavaleiros, e a intenção era de aprender com os grandes mestres todos os ensinamentos encessários para se tornar um cavaleiro corajoso, forte e que não praticasse zoofilia com o seu próprio cavalo. Nos momentos de folga, Weavel visitava o mago Merlin, que lhe ensinou a ler, escrever e a praticar macumba e vodu, que de acordo com o feiticeiro, seriam peças fundamentais em sua vida caso viesse a se tornar um dos cavaleiros.

O jovem cresceu e tornou-se uma figura exemplar. Além de ter algumas noções de magia, já conhecia todo o código de honra dos cavaleiros, sem contar que havera tornando-se um grande espadachim e mestre nas artes marciais, tornando-se o melhor lutador dentre todos os cavaleiros que viviam dentro do castelo de Camelot. Isso lhe garantiu uma cadeira de honra e renome junto à lendária Távola Redonda.

Se contar que, às escondidas e fora do conhecimento dos demais cavaleiros, Weavel estudava alquimia com Merlin em um laboratório digno do Frankenstein no calabouço do castelo, um lugar que ninguém, nem mesmo o próprio rei, ousava aventurar-se dada a escabrosidade. Juntos, Weavel e Merlin estudavam temas bizarros como Transmutação, Elixir da Longa Vida, Goetia e Pedra Filosofal.

Rivalidades e inimigos[editar]

Weavel fazendo pose para a foto.

Ao longo de sua vida como um dos cavaleiros de Rei Arthur, Weavel fez milhares de inimigos com olho gordo que o invejavam por ele ter sido o responsável por encontrar o famoso cálice conhecido como Santo Graal, muito cobiçado por indivíduos do mundo todo, que apesar de parecer só um cálice, acreditava-se que detinha poderes místicos e divinos por outrora supostamente ter pertencido à Jesus Cristo.

Sylux, um dos 6 cavaleiros mais destemidos de Rei Arthur, era um dos principais inimigos que haviam jurado morte à Weavel. Sylux queria a todo custo pôr suas mãos no Santo Graal para se vingar de uma pequena loja especializada no comércio de algodão e milho conhecida como Galactic Federation para qual anteriormente trabalhava, que além de atrasar seu pagamento e descontar do seu salário por chegar 1 segundo atrasado no trabalho, ainda o demitiu por ter se esquecido de colher uma mísera espiga de milho.

Kanden era mais um dentre os cavaleiros que desejavam o cálice. Kanden acreditava que com o poder do cálice, teria a seu dispor todo o rebanho de gado bovino da Inglaterra, sendo que carne de vaca na brasa constituía-se em seu prato favorito. Além do mais, Kanden tinha um espírito ambicioso, e com o poder do cálice, acreditava que poderia deixar sua marca na história ao coletar a eletricidade proveniente dos raios em dia de chuva e transformá-la em uma nova fonte de energia renovável que revolucionaria o mundo.

Spire, o mais obeso e corpulento (e também o mais forte em questão de força física) dentre os cavaleiros, sofria de um caso grave de piromania, e queria mais que tudo ter o poder de controlar a terra e o fogo para estabelecer em todo o planeta um reinado de vulcões, tornando-se o ser dominante e líder de uma possível Nova Ordem Mundial. Além disso, queria se vingar dos bullies que caçoavam de sua aparência física quandoe ra criança.

Weavel nos tempos de cavaleiro.

Noxus, o mais pobre dentre todos os cavaleiros, era o que possuia os planos menos diabólicos para o cálice, o que não o impediu de ser mais um dos rivais de Weavel. Noxus desde pequenos empre teve um fascínio pela neve e pelos cubos de gelo que sua mãe guardava na geladeira. Seu maior sonho era o de visitar a Antártida, um verdadeiro paraíso para alguém como ele. Porém, por ser economicamente carente, não tinha como pagar uma viagem até lá, e via no cálice a oportunidad eeprfeita para finalmente realizar seu sonho.

Por fim, o último deles era Trance Trace, um dos cavaleiros mais estranhos e esquisitos da Távola Redonda. Desde pequeno, Trace só trazia desgosto para seus pais, que achavam que o mesmo nunca conseguiria fazer nada de útil. Por ser a vergonha da família, Trace resolveu adentrar no grupo, e para que seus familiares finalmente o respeitassem e se orgulhassem dele, queria levar o Santo Graal até sua casa e exibi-lo como se fosse um troféu resultante de suas proezas.

Morte e Ressurreição[editar]

Cansados de terem de aturar Weavel fazendo grau pelos quatro cantos do castelo só porque detinha em sua posse o objeto mais desejado por todos eles, os 5 inimigos de Weavel resolveram finalmente pôr fim naquele desgraçado. Ambos resolveram deixar suas diferenças de lado e se uniram contra o cavaleiro. Porém, para que ninguém desconfiasse do que teria acontecido, eles reuniram todas as suas economias e contrataram uma assassina de aluguel e Serial Killer de primeira para dar cabo de Weavel enquanto o mesmo estava distraído.

Weavel depois que os Space Pirates o reviveram.

A assassina em questão, conhecida como Samus Aran, temida nos quatro cantos do Universo, era famosa por nunca falhar em seus serviços como matadora de aluguel. Samus foi em busca de Weavel, e ao se encontrar com o mesmo, nem perdeu tempo e já iniciou seu ataque. Weavel e Samus travaram uma batalha mortal até a morte... de Weavel, é claro. Pela primeira (e última) vez na vida, Weavel teria perdido uma batalha, que havia lhe custado a vida. Para completar, após ter matado Weavel, Samus ainda jogou o corpo do cavaleiro num rio repleto de crocodilos, que devoraram-no completamente, deixando intacto apenas seu cérebro (afinal, quem gosta dessa parte são zumbis, não répteis).

O cérebro de Weavel ficou boiando na água até atingir a beira do rio, próximo a uma grande campo de trigo que os aldeões locais costumavam cultivar. Naquele mesmo dia, a Terra é visitada por uma raça de alienígenas mutantes mais tecnologicamente avançados do que os humanos conhecidos como Space Pirates. Atraídos pela estranha coisa boiando na beira do rio, os aliens resolvem pegar o estranho treco e observá-lo em sua nave espacial.

Após dias de árduas pesquisas e trabalho, os aliens finalmente constatam que a coisa em questão trata-se na verdade de um orgão pertencente a uma espécie de criaturas obsoletas e antiquadas conhecidas como "terráqueos". Os aliens então decidem trazer a criatura de volta à vida, mas seria algo meio difícil uam vez que ele não possuía corpo. Então, decidem improvisar: juntam pedaços de ferro e metal de ferro-velhos de toda a galáxia e constroem um novo corpo para o cérebro, trazendo Weavel de volta à vida, só que dessa vez, como um ciborgue. Desse dia em diante, Weavel passou a servir aos Space Pirates comof roma de gratidão, e jurou vingança contra sua assassina.

Coisas Relacionadas[editar]

A forma alternativa pra lá de apelona de Weavel.
Reator nuclear portátil de Weavel em ação.
  • Halfturret: Dentre todas as formas alternativas dos Bounty Hunters já vistas na série Metroid, esta sem sombra de dúvidas é a mais apelona de todas. Com esta forma, Weavel, devido aos seus atributos tecnológicos, se divide em dois para meter porrada nos inimigos na maior covardia. Uma coisa que chama muito atenção é que a a parte do quadril pra baixo de Weavel começa a se mexer de forma ridícula quando se separa de sua parte de cima, fazendo parecer que a mesma está dançando Samba enquanto ataca os inimigos.
  • Battlehammer: Battlehammer é a arma de brinquedo que Weavel carrega consigo. A mesma provavelmente fora confeccionada por físicos e químicos que encontravam-se entre os Space Pirates, pois ela consiste em produzir uma versão miniatura de um reator nuclear em forma de uma bola verde e amarela (clara homenagem ao Brasil). É muito eficaz contra inimigos elétricos como Kanden, Raiden e Pikachu.
  • Weavel's Spaceship: Weavel's Spaceship é mais uma nave sem graça e sem qualquer nome original que pode ser encontrada ao longo dos games, e também o reflexo da falta de criatividade da Nintendo. É o meio de transporte do qual Weavel se apropria para fugir em ocasiões onde a coisa está preta, como por exemplo, nas batalhas contra Samus Aran.

Ver também[editar]

v d e h
MetroidPrimeLogo.jpg