Borduguês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindo(a) à Desziglobédia

A enziglobédia livre de gondeúdo e gue qualguer um bode edidar.

61 002 ardigos · 202 630 imagens

Ajuda

Embaijada

Bergundas

Bolítigas

Mídia

Gondribuir

Ardigo em destague
Cúkova, excelente jogadora tcheca.
A Tchéquia (como diria Ruth Lemos, Tche-tchéquia) ou República das xoxotas ou República das Bucetas é a região europeia que fazia parte da antiga Tchecoslováquia. A região é reconhecida mundialmente por causa de sua putaria, libertinagem e facilidade de se fazer trocadilhos com a palavra checa.

Os primeiros relatos sobre a popularização da região da Tchéquia datam da época do Império Romano, quando o senado romano mandava as tchechecas (como eram chamadas as putas mulheres na época) para a região e desenvolveram no local um imenso bordel. O imperador romano que mais frequentou a região foi Calígula. Desde então a região ficou conhecido como Boêmia e Xoxota, em função da abundância de malte, lúpulo e putas.

Apenas em 1900 com a união das tribos de Xoxotas (do latim Checas) com uma tribo de Suvacos (do anglo-saxão eslovacos) que surge a Tchecoslováquia. Essa união acontece primordialmente com o objetivo de entrar com força total em uma carnificina da época denominada Segunda Guerra Mundial. Outras tribos da região foram os boêmios (do latim: cachaceiros), os Morávios (do latim: aqueles que moram) e os Silésios (do latim: Aqueles que se mantêm em silêncio).

Assim como os brasileiros odeiam os argentinos, as tchecas odeiam as holandesas e rivalizam com os Países Baixos o posto de país com maior putaria, sexo e drogas no mundo. A aliança principal da Tchecoslováquia durante a guerra foi a Suécia, o Peru e a Chechênia.

Veja aqui o artigo completo!

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Evendos rezendes


Nezde dia...


Valando nizo, vozê zabia...


Imagem da vez
 
Abresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desziglobédia, uma (dez)enziglobédia esgrida com a golaboração de zeus leidores. A Desziglobédia é um zite de humor debochado e seu gondeúdo não debe zer levado a zério. Dodas as nozas regras e bolídicas gonvergem para um só bringípio: zer engrazado e não abenas idioda. É um bringíbio amoral, mas que imblica numa édica subjagente. Significa que, no âmbito da Desziglobédia, só bodem ter brogedênzia as grítigas que se refiram à qualidade diverdida de um ardigo. Não tem, bordando, nenhum sendido dendar defender os méridos morais ou ardízdicos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, brograma, gâme, etc.) e que tenha zido zaganeado num ardigo da Desziglobédia. Ezas coizas não inderezam nem um honorável bouquinho aqui.


Bardizibação
Dodos bodem bublicar gondeúdo onrine desde que não sejam vândalos ou desresbeidem as regras. Dendre as diverzas báginas de ajuda à zua disbozizão, estão as que esbligam como griar um ardigo, edidar um ardigo ou inserir uma imagem. Em cazo de dúvidas, não hesite em bergundar e dar sua abnião.


Gomunidade
A gomunidade bem crezendo dia bós dia. Borém brezisamos de mais golaboradores para bodermos ambliar o número de ardigos em língua borduguesa e expandir, melhorar e gonzolidar os que já exisdem.


Brojetos irmãos
A Desziglobédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundazam Desziglomidia. A Desziglomidia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com gondeúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição