Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

59 619 artigos · 199 342 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
Exemplar do Flyer I no museu, o único avião movido a catapulta.

A era pioneira da aviação refere-se ao período em que a aviação ainda era precária assim como o banheiro de sua casa, um momento único na humanidade onde todos os aviões eram feitos de papel (ou alumínio), pessoas morriam de maneiras idiotas fazendo coisas idiotas, e a viagem por cima das nuvens nem se imaginava. É comumente aceito entre os anos de 1901, ano em que papa Leão XIII abençoou o primeiro avião; e 1914, ano em que a Primeira Merda Mundial começou.

Durante a última década do século XIX, os aviões que existiam na época eram os dirigíveis, balões enormes que pareciam com grandes toletes de bosta voadoras, há de se imaginar que naquela época onde ainda as pessoas cagavam no mato, mas que andavam à toa nas ruas apenas para mostrar o seu chapéu, não era assim tão adequado que grandes merdas rodopiassem por aí apenas para levar meia dúzia de gente para ver o céu.

No entanto, a procura por construir um avião de verdade se tornou mais do que uma doidice individual, mas uma alienação em conjunta que explodiu em 1900, já que gurus de numerologia adoravam dizer que a novo século traria paz e prosperidade para uma minoria ou para os mais desafortunados da vida.

Antes da era pioneira da aviação, macacos que me mordam, mas o ser humano era mais burro do que um porta, não podia ver o céu que já queria se atirar para ver se voava. Claro, todos falhavam, então veio uma lógica, ainda no século retrasado, quem fazia a fama eram os veículos mais leves do que o ar, como o balão, porém quiseram se arriscar e acabaram indo para os veículos mais pesados do que o ar.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter




Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: